UMA NOVA ÁREA T.I.? – ARQUITETURA DE TECNOLOGIA – ITSM DEVOPS

Nesta ocasião destina-se fazer um modelo e usar alguns elementos de arquitetura de negócio, para a metodologia ou melhor toda uma cultura de trabalho que é muito popular e é DEVOPS. O que procura-se aquí, sem ser o maior especialista nessa metodologia que por excelência é amplamente utilizada para desenvolvimento de software, criar uma esquema macro geral  para esta área, como se fosse uma área de negócio mais e tornando-se um pouco mais de ênfase em arquitetura de tecnologia global. Estar ciente de que eu não sou o maior especialista em DEVOPS vou fazer essas considerações para tentar atingir o objectivo do presente artigo.

CONSIDERAÇÕES

  1. 1. Tentarei DEVOPS como se fosse um área normal da empresa para fins de  de exposição para inclusão em uma área de gestão de serviços de desenvolvimento de software tradicional. Há a consciência de que não é.
  2. 2 Não terá-se em conta, o que significa a cultura de trabalho desta metodologia e não serão refletidas. O objectivo é fazer uma abordagem de arquitetura se quiserem, de solução onde mostro alguns elementos da camada de negócios e a camada de tecnologia.
  3. 3. Haverá outros elementos que certamente serão necessários. A idéia é fornecer feedback se o julgarem; não tanto no artigo, mas se os seus locais de trabalho, se possível.
  4. 4. O desejo é compartilhar conhecimentos e experiências com  arquiteto de negócios para pessoas que não sabem ou não conhecem DEVOPS; Eu também quero aprender com todas as suas contribuições.
  5. 5. Iniciar a partir da premissa de que a empresa já tem um nível aceitável de maturidade em gerenciamento de serviços de T. I. na sua área de desenvolvimento de software tradicional.

Como qualquer transformação do negócio grande, suportado pela tecnologia da informação, requer de uma série de passos que serão descritos abaixo brevemente.

DEVOPS PARA SERVIÇOS DE GESTÃO T. I.

  1. 1. Capturar necessidades, preocupações, motivadores da empresa dos stakeholders: Qualquer transformação de negócios deve ter em conta esta fase. O que motiva a mudança? Que riscos gerales existem de não fazer-ó? De não fazer isso? Entre outros.
  2. 2. Implementar prova de conceito. Nesta fase, mais perto da metodologia, tem como objectivo mostrar alguns elementos básicos da organização de processos de negócios, tecnologia, talento humano, entre outros, ele está pronto para a mudança organizacional. Neste caso, a transformação da área de Gestão de serviços   de tecnologia da informação tradicional, para uma área já incluem a melhoria DevOps como evolução no serviço.
  3. 3. Fixar uma área de Tecnologia da Informação “piloto” como um projeto para a empresa. Isso permitirá já incluir elementos de uma nova cultura para o  T.I.
  4. 4 Iniciar ou por a em execução a prova de conceito. Aquí o que destina-se é recolher as lições aprendidas com a prova de conceito e o projeto “piloto” na área de tecnologia da informação.
  5. 5. Implantação do modelo. É que o conjunto de como funciona a área com todos os seus valores, processos, funções, aplicações, interações com outras áreas da empresa e melhoria contínua.

 


 

MODELO DE ENTREGA DE SERVIÇO DE DEVOPS

O esquema abaixo, só para fins de exibição poderia ser o resultado da execução de etapas mais cedo e seria o resultado da implantação:

É um esquema simples, onde DEVOPS é isolado do resto da empresa . Aquí eu mostro os atores a nível estratégico que tornam a operação da área; taticamente, estão processos de macro da metodologia e os atores da área possibilitam que as funções da metodologia. Atores como desenvolvedores, gerentes e operadores do aplicativo criado.

Agora, o que precisa a nível de infra-estrutura para que a área de DEVOPS executar-se  corretamente? Então vemo-lo:

Eu apenas estendi o modelo de entrega de serviço DEVOPS usando interfaces de negócio e tecnologia para que ele seja executado corretamente.

A Pilha de SaaS, é o produto de software agora já desenvolvido, entregue, apoiado e monitorados por uma central de atendimento. Na linguagem da arquitetura de negócios do TOGAF, esta pode ser a SBB (Solution Building Block). Seus blocos de arquitetura (ABB’s, Architecture Building blocks), são os serviços que têm aplicação específica dependendo para o qual foi criado. Por exemplo, se fosse um ERP (Enterprise Resource Planning), os serviços prestados pelo aplicativo podem ser financeiro, administrativo, comercial e produtos; Estes são os ABB’s.

Observe que todos os atores a nível estratégico, através de uma central de atendimento poderiam ter acesso ao suporte. Também do curso, para  o uso que foi criado para o aplicativo específico.

Um novo esquema, quero mostrar os componentes da arquitetura de tecnologia (alguns) que pode ser bem relevante para a área de DEVOPS.

Ahora, la IaaS –Infrastructure as a Service, refiero la pila de servicios que se pueden desplegar en un datacenter. Entonces tenemos servicios de Virtualización, de administración y localización de recursos, almacenamiento, redes de comunicaciones entre otros, blades, racks entre otros. En lenguaje de Arquitectura como TOGAF, el SBB, seria todo el conjunto de infraestructura. Los ABB’s vendrían siendo los componentes que son requeridos para que la solución en este caso de datacenter funcione. En el ejemplo los ABB’s serían el pool de recursos, la virtualización y los recursos físicos. Los BB (Building Blocks) Son componentes más básicos en una arquitectura. Por ejemplo en el caso de Datacenter, los Bloques de arquitectura física del esquema anterior, serán las comunicaciones, racks, blades y seguramente muchos otros más.

Finalmente para lo último, pretendo mostrar el Paas Stack, Platform as a Service Stack. Quise dejarla para lo último porque tiene unos bloques de arquitectura que se hace necesario una explicación adicional y que sin esto sería tecnológicamente y funcionalmente difícil de llevar a cabo la entrega y el nuevo departamento o área de “Information Technology as a Service” Basado en DEVOPS. A continuación el siguiente esquema:

Vou explicar este grande SBB (Solution Building Block) da mesma forma na arquitetura de blocos e blocos de construção possível.

  • 1. Control Desk Services (ABB): contém todas as informações e os elementos de configuração de software criado como ativos de entrega de serviço de software. CMDB e Software App ativos são alguns dos blocos de construção deste serviço.
  • 2. R -T – M – D Services (ABB): contém a plataforma de software que permitirá o controle através de monitoramento, operações, recursos, diagnóstico de eventos do aplicativo. Cada um destes são os blocos de construção deste blocos de arquitetura.
  • 3. Software Applications Knowledge Services (ABB): fundamentais para qualquer desenvolvimento de software os blocos que os compoe que são a plataforma de banco de dados de bugs e a base de conhecimento para a resolução de problemas e incidentes do aplicativo criado.
  • 4. Workload Automation Services (ABB): é a plataforma de software que permitirá a orquestração de serviços de aplicações e motores de processos, regras de negócio, modelos canônicos, entre outros. Neste caso, BPMS seria em um grande bloco de construção.
  • 5. Analytics Services (ABB): esta plataforma de software que é indispensável no mundo de hoje, é que permitirá que a área, não só levar as métricas da aplicação em tempo real com os painéis de controle mas que correlacionam, plataforma de software que automatizam tarefas de Analytics. Então os blocos de construção pode ser: Analytics Software, painel Software, Software de automação, Software de correlações.

É importante esclarecer uma vez mais que a infra-estrutura como um serviço e uma plataforma como serviço é para todo o software como um serviço criado específico para as necessidades do cliente e o reunião de negócios, as metas delineadas num plano estratégico.

Para terminar este modelo de arquitetura foi destinado mais para as empresas que desenvolvem software em modo diretamente em outsourcing ou maneira específica de BPO como parceiro tecnológico de uma empresa que sua força não é T.I.

Que tal este modelo de arquitetura de tecnologia ITaaS?

Se você quer saber como executar a estratégia da empresa através da implementação de ferramenta de arquitetura empresa contate-me aquí.